Notícias e Novidades

07 de Agosto de 2014

Abandone os hábitos que favorecem a má digestão

Azia, gases, sensação de estômago pesado e sonolência são sintomas que já acometeram todos nós pelo menos uma vez, mesmo aqueles que seguem uma dieta equilibrada. Confira os conselhos dos especialistas e fique atento aos deslizes que podem causar má digestão: 

Comer muito rápido: Cada refeição deve ter duração de pelo menos 20 minutos. O ideal é comer até sentir-se bem e não até ficar "cheio".  

Manias à mesa: Atitudes como comer deitado ou em qualquer posição que não seja ereta afeta diretamente a digestão. Outra mania comum é falar enquanto comemos, que favorece problemas relacionados a gases.

 Jejum prolongado: Comer a cada três horas mantém o sistema digestivo em funcionamento, sem sobrecarga na produção de ácido gástrico. 

 Boca seca: Ficar com água na boca não indica apenas que você está com fome - a saliva é parte importante do processo de digestão. Pessoas que tem a boca mais seca podem ter o processo digestivo prejudicado, já que a saliva não será suficiente.

 Fumo e álcool: A nicotina presente no cigarro, quando entra na corrente sanguínea, também vai para o sistema digestivo, e lá provoca a diminuição da contração do estômago, dificultando a digestão. O uso contínuo do cigarro também causa azia. Com o álcool não é diferente. Já no fígado, o álcool vai alterar a produção de enzimas, sobrecarregando o órgão. 

Sono inadequado: Descansar após as refeições, tirando um cochilo leve, pode ajudar na digestão. A soneca, entretanto, deve durar apenas alguns minutos. Caso queira dormir mais profundamente, espere de duas a três horas após a refeição.  

Erro ao fazer exercícios: É fundamental esperar a digestão completa da refeição - que leva cerca de duas horas - para treinar. O ideal, portanto, é esperar cerca de15 minutos para voltar a trabalhar, estudar ou realizar outra atividade que exija atenção. 

Roupas ou cintos apertados: Usar calças ou saias com elásticos apertados, bem como abusar dos cintos, pode apertar o estômago e obrigar a comida a retroceder para o esôfago.

Fonte: Portal r7.com

 

 

Como os exercícios podem ajudar a manter o foco no trabalho

Acordar mais cedo para treinar muitas vezes aparace impossível de acontecer, né? Mas acredite, vale a pena, pois, além de ser bom para a sua saúde, também a ajuda a manter o foco no trabalho.

Quando ficar nas redes sociais se torna excessivo? Faz mal?

Fique atento!

Nutricionista: quando procurar pelo profissional?

Saiba qual é a importância de conhecer a alimentação saudável para não cair em ‘pegadinhas’ da indústria de alimentos.

assine nosso
informativo

Agência Interagir