Notícias e Novidades

30 de Novembro de 2020

Hábitos diários de combate ao estresse

Ter hábitos saudáveis para combater o estresse ajudam na qualidade de vida de qualquer pessoa. Em setembro, foi comemorado o Dia Mundial de Combate ao Estresse e a psicóloga da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, Natália Reis Morandi, reforça a importância de inserir hábitos mais saudáveis na rotina diária.

Como evitar o estresse? Segundo Natália, é aí que está o problema. “Atualmente, com os estímulos da vida moderna e a rotina acelerada, é muito difícil conseguir escapar de situações que nos deixam estressados. Vale lembrar que a situação atual de pandemia tem ampliado esse estresse e desgaste emocional”, destaca. A seguir, a psicóloga destaca sete hábitos simples que ajudam a combater o estresse:

1. Evite se manter em uma situação estressora - Natália explica que sentir raiva é normal, mas a frequência desta emoção pode ser um sintoma negativo e gerar desgaste emocional intenso.

2. Faça exercícios de respiração - “O som dos carros, máquinas e equipamentos eletrônicos, entre outros, que mal percebemos no nosso dia a dia, nos mantêm em alerta permanente, a ponto que fica difícil relaxar”, frisa. A dica neste caso é reservar alguns minutos para ficar em silêncio.

3. Proporcione situações prazerosas - “Ler, se divertir, se distrair, receber uma massagem de 15 minutos, almoçar com um amigo, se presentear, comer algo que goste ou sair da rotina no meio da semana são atividades simples que mantem seu autocuidado físico e emocional, contribuindo para a qualidade da nossa saúde mental”, ressalta.

4. Repense a regra do “agora” - Avalie suas atividades e responsabilidades diárias e pense: tudo precisa ser resolvido agora? A especialista do Hospital São Camilo lembra que é saudável estabelecer prioridades na realização das tarefas, sejam elas pessoais ou profissionais. Todavia, a recomendação é avaliar o que é necessário e o que é desejável.

5. Peça ajuda - “Nós somos seres coletivos, não precisamos fazer tudo sozinhos”, afirma. “Pedir ajuda não é um sinal de fraqueza, precisamos estar atentos aos sentimentos de fracasso e impotência diante destas situações.”

6. Pratique atividades físicas e ou artísticas - O nosso cérebro é estimulado em áreas diferentes quando estamos praticando esportes, caminhadas (curtas ou longas) e realizando atividades artísticas. Dessa forma, ao movimentar o corpo, reduzimos os hormônios causadores do estresse, como o cortisol, e liberamos endorfina.

Fonte: Rede de Hospitais São Camilo

7 socorros emergenciais em caso de acidentes

Queimaduras, intoxicações e engasgos, por exemplo, são acidentes que exigem socorros emergenciais.

Você tem bruxismo?

Saiba quais causas e como preveni-las.

Como os exercícios podem ajudar a manter o foco no trabalho

Acordar mais cedo para treinar muitas vezes aparace impossível de acontecer, né? Mas acredite, vale a pena, pois, além de ser bom para a sua saúde, também a ajuda a manter o foco no trabalho.

assine nosso
informativo

Agência Interagir