Notícias e Novidades

08 de Novembro de 2018

Novembro Azul, é hora de se prevenir

O urologista Ariê Carneiro, da Hospital Israelita Albert Einstein, explica que se trata da forma mais eficaz de prevenir câncer de próstata, destacado este mês:

1) O câncer de próstata só pode ser prevenido pelo exame de toque? O exame de toque é o mais eficaz para identificar o tumor em estágio inicial, de acordo com o urologista Ariê Carneiro, da Hospital Israelita Albert Einstein. Existe ainda o exame de sangue PSA (Antígenos Específicos da Próstata), mas ele é complementar ao exame de toque e não o descarta. 

2)O que é a próstata e qual sua função? A próstata é uma glândula do tamanho de uma noz localizada entre a bexiga e a uretra. A função da próstata é produzir o fluido que, junto com os espermatozoides, constitui o sêmen.

3) O exame de toque dói? Não. O urologista afirma que o exame é rápido, com duração de 1 minuto, e é feito com anestesia tópica local. No exame de toque, são introduzidos de 8 a 10 centímetros do dedo do urologista na região anal, para alcançar a próstata.

4) A partir de qual idade o exame deve ser feito? O exame deve ser feito anualmente a partir dos 50 anos. Homens negros e com histórico familiar da doença devem iniciar o acompanhamento e rastreamento a partir dos 45 anos. Este câncer não se manifesta antes dos 40 anos, segundo o urologista.

5) Existe alguma forma de autoexame da próstata? Não. O urologista afirma que o exame só pode ser realizado por médicos com treinamento específico para identificar o problema. A especialidade médica é a urologia. Mesmo que o homem tente, ele não conseguirá ter acesso à próstata e não conseguiria identificar nada, pois este câncer não apresenta qualquer sintoma.

6) O câncer de próstata é curável? Sim. O urologista explica que 90% dos casos são curáveis e não apresentam reincidência. Se identificado precocemente, o método de tratamento pode ser menos agressivo, sem quimioterapia.

7) Como é o tratamento para o câncer de próstata? O tratamento é definido pelo tamanho do tumor, afirma o médico. O câncer de próstata pode ser tratado com terapia local, se em estágio inicial, ou acompanhado pela equipe médica, que intervirá se o tumor apresentar aumento ou aspectos negativos, ou tratado também com terapias focais para eliminação do tumor, como o High Intensity Focused Ultrasound (HIFU), que utiliza ondas sonoras de alta intensidade para destruir as células do câncer. Estágios medianos podem ser tratados com radioterapia ou cirurgia para retirada do tumor ou retirada total da próstata. Em casos extremamente avançados necessitam de quimioterapia higienizadas — por dentro e por fora.

Fonte: noticias.r7.com/saude

Mitos e verdades sobre a fotoproteção

80% dos brasileiros não sabem a quantidade ideal de uso do protetor.

Miopia: 3 conselhos para combatê-la e ter uma visão melhor

A Organização Mundial de Saúde estima que até 2050, 52% da população mundial sofrerá com esta condição, que nos casos mais extremos pode causar cegueira. Mas será que há soluções para isso?

Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias

Uma das doenças de maior risco de transmissão no verão é a febre amarela, com registro em áreas com grande contingente populacional desde 2017.

assine nosso
informativo

Agência Interagir