Notícias e Novidades

05 de Março de 2018

Os quatro hábitos saudáveis que podem salvar uma vida

Adotar um estilo de vida saudável é uma conhecida recomendação para fortalecer a saúde do coração e proporcionar uma vida mais longa. Agora, um novo estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, determinou quais são os principais hábitos que devem ser seguidos com esse objetivo – e quão benéficos eles são. De acordo com a pesquisa, praticar atividade física regularmente, manter o peso, seguir a dieta do Mediterrâneo e, “principalmente”, não fumar – são capazes de, juntos, reduzir em 80% o risco de morte por qualquer causa em um período de oito anos. 

 

1. Deixar de ser sedentário - o sedentarismo já é considerado tão letal quanto o tabagismo. A boa notícia é que a melhora da qualidade de vida está relacionada ao gasto calórico diário, e isso não implica necessariamente a realização de uma atividade física formal. A ideia é se movimentar o máximo possível. Para isso, é preciso deixar um pouco de lado o elevador e a escada rolante. 

2. Emagrecer - se o objetivo não for só sair do sedentarismo, mas também perder uns quilinhos, é preciso se dedicar mais a atividades físicas. Mudanças na alimentação devem ser combinadas com a prática de atividades físicas. Para perder peso, as atividades formais são mais indicadas, especialmente aquelas que buscam estratégias para aumentar o gasto calórico, como combinar exercícios aeróbicos com o treino localizado. 

3. Parar de fumar - Quem decidiu aproveitar o novo ano para parar de fumar, tem diante de si duas opções: parar por conta própria ou com ajuda médica. Pessoas com menos de 40 anos, que não apresentam problemas de saúde e fumam até 20 cigarros por dia podem tentar parar por conta própria. Largar o vício por ser feito por meio da redução progressiva ou parada abrupta. Para pessoas com mais de 40 anos, que apresentam alguma doença, fumam mais de 20 cigarros por dia ou têm dependência química intensa, independentemente da quantidade de cigarros, é mais indicado procurar tratamento médico para atingir o objetivo. 

As recomendações para ajudar driblar a vontade de acender um cigarro são: fazer exercícios físicos, tomar muito líquido e mascar chicletes ou um pedaço de canela. O ponto principal é evitar as situações-gatilho, aquelas que desencadeiam a vontade de fumar. Por exemplo, se uma pessoa sente mais vontade de fumar quando toma café, ela pode tentar tomar café com leite, ou mudar de bebida.

4. Fazer um check-up - Mesmo sem qualquer reclamação, fazer um acompanhamento médico regular ajuda a detectar prematuramente e prevenir o aparecimento de diversas doenças. Pessoas com menos de quarenta anos que não apresentam problemas de saúde podem fazer check-ups a cada dois ou três anos e, após os quarenta, é recomendável fazer anualmente. É importante lembrar que esses exames são recomendados para pessoas saudáveis, sem levar em consideração fatores de risco como obesidade e tabagismo.

Fonte: https://veja.abril.com.br/saude

É melhor dormir com ou sem meias?

A resposta está relacionada à vasodilatação.

Como usar os ovos na dieta?

O consumo de ovo pode ser muito importante para a saúde.

Ar condicionado muito frio pode prejudicar saúde das mulheres

De acordo com especialistas, o corpo feminino necessita de uma temperatura cerca de três graus mais quente do que a do homem.

assine nosso
informativo

Agência Interagir