Notícias e Novidades

15 de Setembro de 2017

Melatonina é considerada hormônio do sono

A melatonina também é conhecida como o hormônio do sono, já que regula o relógio biológico e influencia no bom funcionamento de funções metabólicas. A substância é produzida de forma natural pelo corpo e acredita-se que seu consumo sintético ajuda no tratamento a problemas de saúde das mais variadas origens.

O hormônio é produzido somente no período noturmo e influencia no ritmo de sono-vigília, que tem uma interferência direta no funcionamento do metabolismo. Por isso, a melatonina em forma sintética é recomendada para enxaquecas, obesidade, doenças cardiovasculares, para ganhar massa muscular e até combater certos tumores.

A endocrinologista do Delboni Medicina Diagnóstica, Suemi Marui, explica que "alterações do sono como, por exemplo, insônia e sonolência, levam a diversas modificações hormonais, metabólicas, neurológicas e psicológicas". Porém, segundo ela, não há comprovações científicas dos benefícios de se tomar melatonina sintética para essas alterações.

A médica ressalta que a melatonina sintética é comercializada como suplemento alimentar e é preciso que o consumidor esteja atendo aos aditivos presentes em sua fórmula. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, no ano passado, o hormônio como medicamento manipulado e sob prescrição médica.

Fonte: Guia da Farmácia

Acne: conheça os tratamentos para casos pontuais ou severos

Opções variam de acordo com o grau e o tempo das espinhas.

Lavar as mãos e limpar a casa: quando de fato é importante?

Não é preciso fazer faxina todos os dias nem exagerar nos produtos de limpeza.

Tomar leite fortalece os ossos?

Por gerações, ouvimos que o consumo de leite ajuda a deixar os ossos fortes. Mas será que a ciência sustenta essa teoria?

assine nosso
informativo

Agência Interagir