Notícias e Novidades

04 de Julho de 2015

Inverno exige atenção redobrada com os olhos

Durante o inverno, as pessoas costumam tomar alguns cuidados com a saúde da pele, relacionados principalmente a hidratação e proteção contra as baixas temperaturas, e, muitas vezes, acabam se esquecendo de que os olhos também merecem muita atenção. No frio, há uma maior concentração de pessoas em locais fechados e aquecidos. Segundo a oftalmologista Márcia Beatriz Tartarella, diretora da Sociedade de Oftalmologia Pediátrica Latino-Americana, as condições desses ambientes tornam mais propícia a proliferação de micro-organismos, aumentando a chance de adquirir doenças oculares.

Um dos problemas mais comuns é a conjuntivite, cujos primeiros sinais são olhos vermelhos, ardor e secreção. Outro desconforto bastante comum nesta época é a síndrome do olho seco, em decorrência da baixa umidade, que tende a predominar durante os meses de inverno. Portanto, assim que sentir ardor, vermelhidão e sensibilidade à luz, sem secreção, sobretudo, em ambiente com aquecimento, é importante utilizar colírios lubrificantes, sob supervisão médica.

A incidência da radiação ultravioleta existe até nos dias mais nublados do inverno, assim como durante o uso de equipamentos, como smartphones, tablets e computadores. Com essa incidência, a proteção visual deve ocorrer também nesta estação. “A radiação ultravioleta ocasiona o endurecimento do cristalino, levando à catarata. Seus efeitos nocivos podem conduzir à degeneração da retina no decorrer do tempo”, explica a médica.

Para cuidar da saúde ocular durante esta estação do ano, a oftalmologista apresenta algumas dicas:

1) Piscar os olhos mais vezes no uso de computador, tablets e smartphones;

2) Manter os olhos hidratados com colírios lubrificantes;

3) Não levar a mão aos olhos;

4) Evitar coçar os olhos;

5) Usar lentes de óculos com proteção aos raios UVA e UVB;

6) Manter uso de óculos de sol mesmo em dias nublados.

Fonte: Uai.com.br

Como os exercícios podem ajudar a manter o foco no trabalho

Acordar mais cedo para treinar muitas vezes aparace impossível de acontecer, né? Mas acredite, vale a pena, pois, além de ser bom para a sua saúde, também a ajuda a manter o foco no trabalho.

Quando ficar nas redes sociais se torna excessivo? Faz mal?

Fique atento!

Nutricionista: quando procurar pelo profissional?

Saiba qual é a importância de conhecer a alimentação saudável para não cair em ‘pegadinhas’ da indústria de alimentos.

assine nosso
informativo

Agência Interagir