Notícias e Novidades

10 de Fevereiro de 2015

Qual o melhor horário do dia para se exercitar?

Há explicações científicas para aqueles "hábitos estranhos" das pessoas que acordam cedinho de manhã ou só vão para a cama ao amanhecer. Quando o assunto é exercício físico, esses hábitos têm papel ainda mais importante, já que podem afetar a performance.

Uma variável crucial é o ritmo circadiano, conhecido popularmente como relógio biológico - a forma como nosso corpo regula hormônios, temperatura corporal, ritmo cardíaco e outras funções essenciais. Tudo influencia o quão alerta - ou sonolenta - uma pessoa se sentirá em determinados momentos do dia.

"Há correlações entre exposição à luz, estações (do ano) e características individuais", disse Luis Franco Banfonte, secretário-geral da Federação Espanhola de Esportes, ao serviço em espanhol da BBC. "Não dá para generalizar porque é algo pessoal."

Mas Banfonte ressalta que, "do ponto de vista metabólico e fisiológico, se o objetivo é manter o peso, é mais recomendado que o exercício seja praticado em horários distantes dos horários das refeições". Nesse caso, diz ele, o melhor é praticar esportes nas primeiras horas da manhã.

Pela manhã: `Sem desculpas`. O esporte praticado logo cedo também ajuda a estabelecer uma rotina de exercícios mais sólida, simplesmente porque ocorre antes dos compromissos e horários de trabalho da maioria das pessoas. Diversos estudos científicos reforçam a ideia de que a atividade física matinal traz benefícios. "Se você exercitar sua mobilidade, como quando vai de bicicleta (para o trabalho), alguns hormônios e neurotransmissores - como endorfinas - fazem você se sentir melhor, com mais vigor e de bom humor", prossegue Banfonte.

Muitos preferem se exercitar à noite para aliviar o cansaço de um dia estressante. "Dessa forma, a pessoa começa o dia melhor, não só do ponto de vista piscológico, mas também fisiológico." O lado negativo disso é que, pela manhã, a temperatura do corpo tende a ser mais baixa, o que aumenta o risco de lesões e pode reduzir o desempenho do praticante.

Fim do dia: Performance. Na mão oposta, quem prefere praticar esportes mais tarde se beneficia de temperatura corporal e níveis hormonais no auge, o que melhora o desempenho. Um estudo da Universidade de Chicago, nos EUA, indica que é mais fácil atingir resultados melhores em resistência e construção de massa muscular exercitando-se no final do dia. O risco de lesões também é menor, já que o corpo responde mais rapidamente por estar desperto por muitas horas. "Há pessoas que naturalmente acordam cedo e têm facilidade em pegar no sono. Outras sofrem mais para acordar e, à noite, para voltar a dormir. Além disso, para muitas pessoas, o exercício noturno é uma forma de relaxar depois de um dia estressante. No entanto, deixar a prática de esportes para muito tarde também pode ser perigoso, adverte o especialista espanhol. 

Fonte: uol notícias

Quatro alimentos que parecem light, mas não são

Alguns quitutes são feitos com frutas e vegetais, mas escondem na receita ingredientes como açúcar e gordura, além de calorias extras.

Alimentos saudáveis para crianças de 1 a 3 anos

A alimentação é uma das chaves para a saúde dos pequenos. Oferecer os melhores alimentos os ajudará a crescer e se desenvolver de maneira saudável. Descubra algumas recomendações.

Tricotar: considerado um dos hábitos mais relaxantes

Se você quiser se desconectar dos problemas e esquecer as preocupações por um tempo, tricote, e verá que é um dos hábitos mais relaxantes.

assine nosso
informativo

Agência Interagir