Notícias e Novidades

20 de Janeiro de 2015

Você sabe o que é jet lag?

O jet lag é um desconforto comum em viagens para países com fuso horário muito distinto. Segundo a hematologista Regina Biasoli Kiyota, leva-se, em média, um dia para se ajustar a cada hora percorrida, para mais ou menos. “Em uma viagem para Madri, por exemplo, o passageiro leva três dias para ajustar seu ciclo circadiano, ou relógio biológico, às três horas de diferença entre as localidades”.

O contato com culinárias diferentes pode provocar problemas gastrointestinais, como a disbiose, desequilíbrio entre as bactérias e leveduras “do bem” e bactérias nocivas, que impedem o funcionamento adequado do intestino. Segundo o gastroenterologista, pediatra, professor associado do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG, Luciano Amedée Filho, a chamada “diarreia do viajante” é decorrente dessa mudança brusca na dieta, é um dos casos em que os probióticos em forma de sachês e cápsulas podem contribuir para a regularização do intestino.

O intenso trânsito internacional propicia maior risco para disseminação dessas e de outras doenças infecciosas, que, por isso, ganham atenção nos serviços de medicina do viajante. Há uma série de orientações relacionadas a turismo e prevenção de doenças. A vacinação, por exemplo, é requisito básico para a chegada em determinados destinos. Uma consulta com médico no período pré-viagem permite a adequação e a atualização do calendário vacinal, o que nem sempre é possível, visto que alguns esquemas vacinais podem durar alguns meses, caso das vacinas para hepatites A e B.

 Fonte: Correio Braziliense

Como os exercícios podem ajudar a manter o foco no trabalho

Acordar mais cedo para treinar muitas vezes aparace impossível de acontecer, né? Mas acredite, vale a pena, pois, além de ser bom para a sua saúde, também a ajuda a manter o foco no trabalho.

Quando ficar nas redes sociais se torna excessivo? Faz mal?

Fique atento!

Nutricionista: quando procurar pelo profissional?

Saiba qual é a importância de conhecer a alimentação saudável para não cair em ‘pegadinhas’ da indústria de alimentos.

assine nosso
informativo

Agência Interagir