Notícias e Novidades

17 de Dezembro de 2014

Você sabe o que é astenia?

Quem nunca se sentiu cansado e sem energia? Segundo pesquisa da empresa do IBOPE Inteligência, 98% dos brasileiros se sentem um pouco ou muito cansados mental e fisicamente. Situações às quais a maioria das pessoas está sujeita atualmente como vida agitada, stress e sedentarismo podem intensificar um quadro de astenia e comprometer a qualidade de vida da população. Mas, o que é essa palavra que faz parte da vida da população? A astenia nada mais é do que a fadiga, um cansaço significativo, que não se recupera com o descanso diário e que, se não tratada, pode interferir no desempenho físico, psicológico e social.

O estudo também revelou um aspecto preocupante. O cansaço está muito presente na vida de jovens entre 20 e 29 anos, indivíduos em início de carreira. Com relação à amostragem nesta faixa de idade, a pesquisa mostrou que 99% deles apontaram que se sentem um pouco ou muito fatigados mental e fisicamente. O que impacta na qualidade de sua performance profissional, já que 60% dos entrevistados nessa faixa etária declarou estar mediamente disposto para o trabalho/estudo.

O mesmo levantamento apontou que as mulheres, cada vez mais, encaram jornada dupla acumulando a vida profissional e afazeres da vida familiar, vivem em estado de ‘muito cansada’ e/ou ‘bastante cansada’, de acordo com o relatado na pesquisa.

“Já que diminuir a correria do dia-a-dia nem sempre é possível, algumas outras medidas ajudam a prevenir a astenia para que esta não seja desencadeada ou para auxiliar sua melhora. Manter uma alimentação equilibrada, dormir bem, praticar exercício físico e suplementar a dieta com nutrientes que ajudam a combater o cansaço físico e mental, como é o caso do aspartato de arginina, são cuidados básicos e especiais para quem não quer sentir-se sempre cansado”, explica a fisioterapeuta pela Universidade Metodista de Piracicaba, com doutorado em Reabilitação pela Universidade Federal de São Paulo e coordenadora científica do Centro de Estudos em Medicina da Atividade Física e do Esporte (CEMAFE), Dra. Gerseli.

De acordo ainda com a especialista, o aspartato e a arginina são aminoácidos (moléculas que formam as proteínas) que atuam no ciclo de geração de energia do organismo, ajudando a combater o cansaço físico e mental. “Alguns produtos no mercado contêm essas substâncias e nos ajudam a complementar a ingestão desses nutrientes”, destaca.

Além da suplementação, a arginina pode ser encontrada em alimentos como chocolate; granola; derivados do leite; oleaginosas (nozes, amêndoas, amendoim); sementes (abóbora, girassol); carnes; frutos do mar; e soja cozida.

“Sabemos, entretanto, que a fadiga em excesso pode ser decorrente de outros problemas de saúde. Por isso, o diagnóstico correto deve vir sempre do médico”, finaliza a Dra. Gerseli.

Fonte: Maxpress Net

Como os exercícios podem ajudar a manter o foco no trabalho

Acordar mais cedo para treinar muitas vezes aparace impossível de acontecer, né? Mas acredite, vale a pena, pois, além de ser bom para a sua saúde, também a ajuda a manter o foco no trabalho.

Quando ficar nas redes sociais se torna excessivo? Faz mal?

Fique atento!

Nutricionista: quando procurar pelo profissional?

Saiba qual é a importância de conhecer a alimentação saudável para não cair em ‘pegadinhas’ da indústria de alimentos.

assine nosso
informativo

Agência Interagir